gototopgototop

Mensagem de 18 de Fevereiro de 2018

 

Queridos filhos!

Com grande paz, sabedoria, amor, vivenciamos este ano da fé e da unidade sob a linda proteção da Santíssima Trindade e também da Sagrada Família. De modo especial, vamos colocar nas mãos de Jesus a todos os peregrinos aqui presentes. Peço a Jesus que esteja presente no coração de cada peregrino aqui. Todo filho que está aqui, está pela vontade de Deus. Foi Deus que lhe trouxe até aqui. Muitos nem sabiam da graça que iriam alcançar. Jesus ama vocês e lhes traz a graça de poder estar na presença dEle, conduzidos pela luz do Espírito Santo. Todos que aqui estão, estão sendo iluminados pelo Espírito Santo.

Você vai pedir ao Espírito Santo que lhe ilumine, pois vocês estão no tempo da justiça. Esse tempo da justiça é sério. A humanidade colherá aquilo que plantou. Na verdade, o mundo não tem plantado coisas lindas, mas sim, coisas tristes: divisões, indiferenças, desobediências. A humanidade colherá aquilo que tem plantado. Não adianta você querer colher do jardim de sua casa algo que não plantou.

A justiça de Deus é corretíssima. Às vezes, você se questiona sobre seus sofrimentos. Mas eles podem ser consequência de sua desobediência a Deus.

Será que você está sendo obediente?

Quando é obediente, você pode até passar pelo sofrimento, mas não vai questionar. Você vai silenciar e pedir forças ao Pai. Quando reclama de seu sofrimento, pode ter plena consciência de que está plantando e colhendo o que você plantou. Com certeza o seu plantio não foi segundo à vontade de Deus.

A vontade de Deus para os dias de hoje é que a humanidade se volte para a oração, que esteja em vigília. Ninguém sabe qual será o sofrimento que virá para a Terra: material, temporal ou espiritual. Não se sabe qual desses três irá atingir mais o mundo neste momento.

Você tem que estar em oração. Coloque-se nos braços de Jesus Misericordioso. Pois, este é também o tempo da Misericórdia. Estamos no tempo da justiça e da Misericórdia e no ano da fé e da unidade. A fé nos aproxima de Deus e a unidade representa a união necessária para que sejam vencidas as grandes batalhas.

Para vencer as grandes tristezas que virão para a humanidade é preciso que vocês estejam de mãos dadas. Toda família deve zelar pela união familiar, principalmente agora, em que estão vivenciando o tempo da quaresma. Este é um tempo de silêncio, de reflexão, de amadurecimento. Deus quer a sua conversão. Jesus quer tirar você dessa lama de dor sob a qual você se encontra. Ele não vai desrespeitar a sua liberdade. Ele lhe deu a liberdade de escolha. Diga: “Eu quero ser de Deus!”.

Se você quiser ser de Deus, Ele vai lhe iluminar, como Pai, Filho e Espírito Santo. Você não perecerá nas trevas. Mesmo que o mundo esteja nas trevas, você não perecerá sob elas. Mas é necessário que atendam ao meu grande alerta: orem e vigiem!

O tempo da justiça é um tempo maior, no qual os desígnios do Pai são diferentes dos seus. A vontade de Deus deve estar em primeiro lugar. Vocês passarão por grandes provas devido às consequências do que a humanidade plantou. Não adianta sonhar com um Brasil lindo, com um mundo lindo. Você sabe que o mundo plantou o sofrimento. É preciso ter sabedoria e estar preparado para vencer o sofrimento e coragem para mudar de vida.

A partir do momento em que você decide ser uma pessoa de Deus, você passa a ter a bênção de Deus. E Deus terá misericórdia da humanidade. Porque, se vier para o mundo o sofrimento que a humanidade plantou, ninguém vai suportar. É muito sofrimento. Um ser humano que se diz preparado, não está preparado como precisaria estar.

A humanidade está preparada para as coisas boas. Ninguém está preparado para o sofrimento, para as dificuldades, para as perdas. Será um tempo de dificuldades. Será um tempo de muita unção, porque você terá a presença de Jesus sempre a lhe conduzir e proteger.

Mas, este já é o momento de vocês começarem a abrir os olhos para os sinais de Deus na Terra. Serão visíveis, inclusive, no que diz respeito à mão de Deus sobre seus filhos perseverantes, principalmente, sobre vocês peregrinos. Porque vocês que chegam aqui, saem com uma vida de oração. Aprendam a orar em família, a conduzir as crianças e jovens a uma vida de oração.

Os pais e as mães devem ter uma vida de oração porque a oração é a força de vocês. Quando você ora, se aproxima de Deus. O inimigo não consegue chegar perto daquele que tem vida de oração. A oração é a defesa de vocês – a oração do Santo Rosário. É sua defesa. É como uma arma em uma guerra. Diante da batalha que você enfrenta hoje, a sua arma é o Rosário. É a arma que vai combater o demônio. Aquilo que você pede em oração, recebe a graça de imediato.

Peçam na oração de vocês que Deus os livre de todas as perseguições e as armadilhas do demônio. Principalmente no tempo da quaresma é preciso ter um amadurecimento maior. É preciso fazer momentos de oração e jejum.

Existem várias formas de fazer jejum. Uma delas – a que Jesus mais nos pede – é o silêncio. Evitar as palavras de julgamento. Você que vive em pecado, saia dessa vida de pecado. Neste tempo da quaresma, Jesus lhe chama a uma vida de santidade.

Jesus lhe dará mais graças quando você vencer o pecado, que é a tentação. A carne, a fraqueza da carne, é o alvo principal. Mas você deve ser forte. Se você deseja ter uma vida santa como pai, mãe, sacerdote, religioso ou religiosa tem de caminhar sobre as pegadas de Jesus Cristo. Se cair, levante-se! Porque todos vocês são fracos, humanos, erram. Mas têm força para vencer a fraqueza com a oração. Com a oração do Santo Rosário.

Comece a orar e entregue a sua vida a Deus. Diga: “Espírito Santo! Venha me iluminar!” E Ele virá. Ele vai lhe iluminar. Ele vem até você com aqueles raios de luz dos Sete Dons para você dar combate aos pecados capitais. É preciso que você tenha essa coragem, essa fé viva. Siga adiante com Jesus, que está aqui na brisa mansa. Tire o peso de seu sofrimento interior: divisões, provações, vícios. Coloque-se por completo, coração, alma, corpo – todo seu ser sob a presença da brisa mansa. Vamos iniciar este tempo da quaresma com Jesus.

Vamos fazer do tempo da quaresma, um tempo de alegria, oração e  silêncio! Nossa alegria é estar na presença de Deus. Deus é Pai! Posso sentir aqui, hoje, neste momento, que Deus é Pai! É por isso que eu estou aqui de corpo e alma, olhando para o coração dos filhos que estão aqui com sede de Deus, sedentos pelas bênçãos de Deus, pelas palavras que trazem vida e esperança.

Na mensagem, recebemos do Céu a coragem para seguir adiante, mesmo que você esteja agora com o coração triste, sofrido. Mas saiba que Deus quer ver você feliz! O mundo quer que você se entristeça, mas Deus quer que você se alegre. Neste tempo da quaresma, vivemos um tempo de amor intenso de Jesus por nós. Jesus fez a vontade do Pai com alegria. Ele amou imensamente a vontade do Pai, de ser o Cordeiro de Deus que tirou e que tira o pecado do mundo.

Nossa alegria está na presença de Deus. Para isso, precisamos ter uma vida de sabedoria neste tempo da quaresma. Devido ao barulho mundano é preciso ter a plenitude do silêncio. Devemos nos aproximar de Deus pelo silêncio, pela oração, pela fé, pela caridade – fazer sempre um ato de caridade. A maior caridade é com você mesmo. É fácil dar de comer a quem tem fome. O difícil é dar de comer ao seu coração faminto da luz que é Jesus.

Se alimente dessa luz que é a Eucaristia que é o Pão Vivo que desceu do Céu e está no meio de nós. Faça uma vivência espiritual belíssima, que seja uma busca pela confissão. Se entregue a Deus de coração porque o tempo da justiça já está no meio de nós.

Preparem-se meus filhos! Porque Jesus está muito perto de nós. Devemos estar preparados para nos encontrar com Ele.

Neste momento, com grande carinho, eu quero lhes abençoar.

Neste momento, Nossa Senhora abençoa a todos, enquanto cantam: “Dai-nos a bênção...”

Queridos filhos!

Eu lhes abençoei com carinho. Eu, Maria, lhes convido, lhes chamo à vida de oração neste tempo de silêncio. Mas Jesus não nos quer tristes. Ele nos quer humildes, preparados, com o coração alegre pela presença dEle em cada um de nós. Não pode ser triste o coração que ama a Deus de verdade. O amor de Deus é presente na vida de todos. Esse Pai lhe ama. Esse Pai lhe ama imensamente.

As flores foram abençoadas para a cura e libertação de todos os doentes do corpo e da alma. Eu peço a Jesus que abençoe a todas estas flores e que, com sua Misericórdia infinita, esteja presente no coração de todos os que recebem estas flores com tanta fé e amor, com a certeza de que o Céu hoje está derramando graças, graças e graças sobre o mundo.

Durante este tempo ore muito pelo Brasil, que é um país que vai precisar imensamente da fé e da unidade.

Parabenizo aos aniversariantes de hoje! Que Jesus abençoa a cada um que está aqui completando anos de vida. Que vocês levem daqui Jesus em cada coração, em cada alma.

Que todos permaneçam em paz sob a bênção de Deus Pai, de Deus Filho e de Deus Espírito Santo; neste domingo dedicado às famílias.

Que Deus abençoe a todas as famílias do mundo. Que a Sagrada Família cubra com o manto do amor da Família de Nazaré a todas as famílias. Amém!

Eis aqui a Serva do Senhor, a Mãe de Piedade, e, eis que o Senhor me chama!

Última modificação em Sexta, 23 Fevereiro 2018 14:20

Canal de Comunicação Oficial das Aparições de Nossa Senhora de Piedade, no Santuário da Mãe de Piedade ( Vale da Imaculada Conceição) em Piedade dos Gerais - MG .  ©  2012 - 2017 Todos os direitos reservados.

Contato:
Romarias Equipe do Site Perguntas Frequentes Endereço do Vale Pedidos de Oração

Informações: (31) 3721-3966 (Fixo) / 9 8431-0338 (Claro) / 9 9908-3966 (Vivo) 
Mensagens de Nossa Senhora via WhatsApp :
31 9 9695-4716