gototopgototop

Mensagem de 08 de Abril de 2018

 

Domingo da Misericórdia.

Queridos filhos!

Com grande alegria, hoje, neste domingo tão belíssimo, Domingo da Misericórdia, Jesus Misericordioso está lindíssimo no meio de nós, resplandecendo com seus raios de misericórdia sobre o Brasil, sobre a humanidade e sobre este Vale consagrado a Jesus Misericordioso. E, em especial, na vida de todos os peregrinos que, hoje, aqui vieram para esta grande festa de agradecimento.

A misericórdia é algo muito importante para os dias de hoje. Se não fosse o coração de Jesus transbordar essa misericórdia, derramar essa misericórdia, o que seria hoje da humanidade?

Eu hoje estou aqui feliz, porque sei que Jesus tem misericórdia. Mas, sei que, mesmo diante da felicidade, também devemos meditar sobre a dor, a batalha, a luta. A luta das famílias, a luta das nossas crianças que são a grande riqueza do mundo. A luta dos jovens para fazerem tudo conforme a vontade de Deus, a vontade da Santíssima Trindade.

Se o mundo não buscar amar essa misericórdia, viver essa misericórdia, não terá felicidade. Devemos buscar, até porque Jesus Misericordioso nos fez um grande pedido: “Divulgai a Misericórdia!”.

Eu, hoje, estou aqui feliz, porque sei que este Vale divulga a Misericórdia, que é Jesus. Sinto o amor de vocês pela Misericórdia.

Quero fazer, hoje, um pedido muito especial. Sei que aqui existem corações tão cheios de amor a Misericórdia, mas quero pedir a vocês sabedoria. É lindo viver essa misericórdia. Mas devem saber que já estão no tempo da justiça. Tudo que começarem a colher daqui para frente são consequências de seus atos, de suas obras, de suas ações. Tenham muito cuidado! Tenham muito cuidado, filhos! Quem pode lhes defender é a Misericórdia. É Jesus! Jesus é muito justo!

Quantas almas que, hoje, em todos os sacrários do mundo, em toda a caminhada do povo de Deus, estão glorificando a Jesus Misericordioso! Mas, existe uma pobreza de espírito no mundo muito grande. A falta de comunhão com Deus. A falta de unidade com o Pai. Peçam a Jesus que tenha misericórdia de suas vidas. Peçam a Jesus! Cada um peça no íntimo do seu coração: “Jesus, tenha misericórdia da minha vida”.

Vocês vão precisar muito da Misericórdia. Vocês vão ser instrumentos que vão ter a grande necessidade de estar nas entranhas do Coração de Jesus Misericordioso.

Hoje, vamos fazer uma reflexão sobre a Misericórdia. Falamos muito da misericórdia! Todos vocês sabem que Jesus se manifestou a Santa Faustina e que derramou tantas graças sobre o mundo. E ainda derrama muitas graças sobre o mundo, porque Ele é a misericórdia.

Vocês estão também na espiritualidade da Páscoa. Quem fez um tempo quaresmal de oração, de acolhida a Palavra de Deus, de acolhimento do amor, da família, soube viver a Páscoa.

A maior prova de amor pela Palavra de Deus é amar a sua família. Quem ama a sua família, ama a Palavra de Deus. Quem cuida da sua família, vive a Palavra de Deus.

Então, vocês estão respirando essa Páscoa. E refletimos que, diante de todas as dores de Jesus, devem pensar no sofrimento que Jesus passou, que Jesus viveu, que Jesus sentiu! Pensem no sentimento de Jesus, na dor vivida por Jesus. Jesus não fez um papel de Salvador. Ele é o nosso salvador. Ele é aquele que abraçou a missão. Ele se tornou o Cordeiro de Deus. Ele amou imensamente a cruz. Por fim, a maldade, a crueldade, a falta de piedade com Jesus foi tão grande que se arremessaram sobre Ele e cravaram a lança em direção ao Coração de Jesus, de forma terrível. E desse coração sangrando saiu sangue e água.

O que sai dos Raios da Misericórdia Divina? O sangue e a água. Então, hoje, vivenciamos a espiritualidade da Páscoa, que nos chama a responsabilidade dos nossos tempos, que é a Misericórdia Divina, vamos ter a consciência da seriedade do tempo da Misericórdia. O povo tem que abraçar essa última tábua de salvação – o mundo, o Brasil. O Brasil está precisando muito desse sangue de Jesus. É preciso purificar esse país, purificar esse povo, essa nação. É preciso tirar essa maldade e ganância. Só Jesus pode trazer ao coração a luz que nos ensina a partilhar. Ele ensinou que dois peixes e poucos pães podem sustentar uma multidão. Então, temos que ter uma espiritualidade de mais fraternidade. Não é com ganância, não é querendo muito que devemos viver. Um dia, vai terminar a sua missão aqui na Terra, ela vai ter um fim na Terra, devem saber que não levarão nada do que existe sobre a terra, nem mesmo seu corpo, que é uma forma tirada da terra.

Vocês devem pedir a Jesus essa espiritualidade. O Brasil e o mundo vivem, hoje, muito o frio espiritual. As pessoas não se amam. As pessoas não se respeitam. As pessoas estão vivendo sem Deus, sem religião.

Estou aqui diante de um povo que ora. Mas, existe uma grande multidão no mundo que não ora, nem mesmo no dia da Misericórdia. Existe uma multidão que não tem amor a Jesus Misericordioso. Muitas pessoas têm o dia de domingo como um dia de descanso, não como um dia de oração. E alma só tem descanso quando ora.

Quando o homem usa esse dia de hoje só para o descanso, fica mais cansado no amanhã, porque não se usa para a felicidade. Usa-se tanto esse dia de hoje (domingo) para buscar tantas coisas que não os levam ao céu, à vida, à felicidade.

Viver essa misericórdia é ter a compreensão que o nosso mundo caminha sobre a dor. Saber que não está fácil a situação na Terra, que não é fácil! Por isso, Jesus vem e diz: “Eu sou a Misericórdia!”

Aquele que ressuscitou, aquele lindo e amado filho ressuscitado, por piedade, compaixão e redenção do mundo, trouxe ao mundo a Misericórdia. É essa a riqueza desse domingo da misericórdia.

Na espiritualidade da Páscoa sempre se vive a reflexão da Misericórdia Divina. Jesus, que se encontra esplêndido nesse domingo, é tão grande como a Páscoa! Porque é Jesus mostrando: "Eu sou o caminho, sou a verdade, sou a vitória".

Vocês, que estão aqui hoje se sentindo um homem fraco e derrotado, saibam que Jesus é a sua vitória! Vocês, pais, que precisam ter mais compreensão com a sua família, mais respeito com a sua família, saibam que sua família não é um objeto. A sua família é sagrada. Vocês têm que olhar para sua família com os olhos do amor, ser mais piedosos. Quanto mais tempestades fizerem em seus lares, mais sofrimentos terão em suas casas. Suas casas precisam ser templos de graça, templos de luz! É preciso colocar essa presença misericordiosa de Jesus em suas casas. Para aqueles que olham para essa humanidade, que, hoje, esta perecendo sobre o caminho da dor, das trevas, da escuridão, saibam que Jesus traz a força da vitória.

Vocês estão aqui porque sabem a importância da misericórdia. Vocês olham para o seu país e não veem solução, mas veem misericórdia. Vocês veem que Jesus é o caminho. Jesus é aquele que abre o caminho estreito que estão passando, o caminho difícil que vivem. Ele os carrega nos momentos difíceis da vida.

O Brasil é consagrado a Misericórdia, mas é um país que precisa de libertação. O Brasil está perecendo pela ganância das trevas, da maldade, por causa de tão poucos que não desejam o bem comum, apesar de aqui há um povo que tem Deus no coração. Mas que precisa ter mais fé, mais confiança, mais religiosidade. Um povo que precisa fazer o bem e ter unidade.

O que é o mundo feliz? É um mundo igual, fraterno. A indiferença não traz felicidade. A igualdade é a felicidade.

Jesus, quando morreu por cada um que está aqui, pelo mundo, trouxe a igualdade. Esse Cristo é a última tábua de salvação. Esse Cristo é a nossa salvador. Esse Cristo é a nossa ressurreição. Então, apeguem-se a Ele, principalmente nas causas impossíveis, urgentes da vida.

Na vida do povo de Deus, as provações estão sempre presentes. Numa família que ora, numa família que se entrega a Deus, uma família que entrega a sua vida a Deus, provações sempre têm.

Eu estou aqui fazendo para vocês um alerta, e que seja o último de todos os alertas que estou fazendo nos tempos de hoje: Acordem! Vocês já estão no tempo da justiça de Deus. Acordem! Não esperem que o sofrimento aconteça nas suas vidas. Não permitam isso! Acordem! Enquanto vocês estão vendo esses raios da misericórdia sobre vocês, o sangue e a água para lavá-los e purificá-los, podem se entregar a Jesus.

Acordem enquanto está tendo tempo! Na hora que chegar o momento da Misericórdia e da justiça infinita descerem sobre vocês, não se terá mais tempo de buscar, ajoelhar, orar, pedir e agradecer.

Façam isso, filhos! Eu não estou aqui para lhes dizer quando será! Isso pertence somente a Deus. Estou aqui como Mãe, para catequizá-los. O tempo da justiça é agora!

Vocês podem respirar porque a misericórdia ainda está sobre o mundo. Vocês ainda têm essa misericórdia que hoje vieram buscar aqui com alegria, com oração, com unidade. Vieram para agradecer ao Céu ainda na espiritualidade da Páscoa. Por isso, temos essa intimidade com Deus, com o Céu, com as belezas do Céu.

Esse Vale hoje está lindo! Esse Vale foi construído pela misericórdia de Deus. Estou aqui como uma Mãe que obedece e realiza o plano de Deus. Vocês também são filhos e servos dessa obra. Têm dificuldades, têm provações, porque aqui caminhamos para a glória, que é a vitória, para o Triunfo do Meu Imaculado Coração. Esta é a plenitude da misericórdia infinita sobre o mundo.

Onde verão nitidamente os Raios da Misericórdia sobre a Terra? Aqui! Vocês têm que abraçar essa misericórdia, serem criaturas que vençam pela oração as armadilhas do demônio. Coragem, filhos! Eu estou com vocês nessa missão. Vocês não estão órfãos de Mãe! Eu estou com vocês nessa missão! Jesus me confiou essa bela missão. Uma missão de luta.

A minha missão está terminando sobre a Terra, porque dentre pouco tempo eu não estarei mais no mundo para transmitir a Palavra, os ensinamentos. Eles precisarão crescer no coração de vocês, dar frutos, realizar obras. Porém, já me sinto feliz, porque vejo que muito foi feito e que muito ainda se precisa fazer. Mas foi feito! Vocês têm trabalho, têm buscado. Quantos apostolados estão formados pelo intermédio da catequese mariana neste Vale. Quantos apostolados! Quantos de vocês, hoje, estão rezando o Santo Rosário, rezando o terço da misericórdia, e fizeram a novena da misericórdia. Que coisa linda! Eu me sinto maravilhada pelo carinho de vocês com Jesus Misericordioso. Sei que Ele ama vocês demais. Sei que Ele vai protegê-los. Tudo que receberão, Ele trará a vocês com amor. Ele é Deus. É aquele que está com o Pai e o Espírito Santo. Tudo lhes será dado: sabedoria, ciência, inteligência, entendimento. Tudo, vocês terão!

Quando vocês olharem para o mundo e virem muitas enfermidades espirituais, muitas dificuldades, muitas doenças surgindo, eu os aconselho que não percam a sua fé! Direcionem o seu olhar ao Espírito Santo. Renovem a sua fé. Vocês são batizados. Então, peçam a Deus força. Entreguem a sua vida ao Pai e digam: “Eu quero que Jesus Misericordioso me conduza!” Ele vai conduzi-los. Vocês não vão sofrer. Podem ter um sofrimento na matéria, mas não tenham medo. Jesus disse: “Mil vezes uma chaga sobre as minhas mãos do que uma só vez a chaga sobre a alma daqueles quem Eu amo!”

Não tenham medo das doenças. A cura se encontra em confiar e aceitar o plano de Deus. Todos estão aqui na Terra de passagem. Ninguém sabe o dia. Ninguém sabe a hora. Ninguém sabe o momento. Por isso, Vigiai e Orai! Amai essa Misericórdia.

Hoje, quero pedir a Jesus Misericordioso para exorcizar o Brasil, que está precisando muito! Vocês estão perto de uma dor muito grande. Se não buscarem, na Misericórdia, essa força para o Brasil, sofrerão mais. Porém, sei que vocês vão buscar, filhos! Aqui, terão o cantinho escolhido pelo Céu para lhes trazer, hoje, a presença dessa nação, que tem o coração necessitado de paz, de amor, de esperança e de luz.

E vamos pedir diretamente a Jesus.

No momento em que eu abençoá-los estarei pedindo a Jesus, e vocês devem pedir também no silêncio dos seus corações, que Ele abençoe muito o Brasil e o mundo.

Vamos ser fraternos! O mundo precisa de bênçãos. Se o Brasil está doente, o mundo também está doente. Se o Brasil precisa de Misericórdia, o mundo também precisa de misericórdia. Somos uma família, precisamos orar pelo mundo, principalmente pela conversão do mundo.

Que os homens não demorem mais, porque a Misericórdia está visível para que o mundo a abrace.

Por isso, todos juntos, vamos dizer com muita alegria: “Jesus, eu confio em vós!” Amém.

Com sabedoria, quero abençoar todos os filhos.

Neste momento, Nossa Senhora abençoa a todos, enquanto cantam: “Dai-nos a bênção...”

Queridos filhos!

Eu os abençoei com tanta alegria. Tantas graças especiais durante esse tempo da Páscoa, e, hoje, neste Domingo da Misericórdia, foram derramadas. Que lindo o Céu presente no meio de nós. Lindo, lindo é o Céu! A maior grandiosidade é termos a certeza de que Jesus Misericordioso está aqui abençoando cada peregrino que veio de tão longe, cada romeiro que veio com tanta fé. Peregrino, porque vocês caminham na estrada de Jesus. E romeiros, porque vocês trazem no coração a fé. Vocês são o povo de Deus.

Maria, a Mãe peregrina, a Mãe de todos os romeiros, a Mãe de Piedade é aquela que pede a Jesus com tanto carinho: Jesus Misericordioso abençoe as flores para cura e libertação de todos os doentes do corpo e da alma. Abençoe a cada um que está aqui presente, entregando a sua casa, a sua família, seu trabalho, sua comunidade, seu apostolado.

Abençoe, Jesus Misericordioso, o Brasil, a humanidade, os países que estão em violência contra os menores. Abençoe todas as Nações da Terra. Abençoe o Santo Padre, o Papa, abençoe o clero, sacerdotes. Abençoe as famílias, os jovens e as nossas crianças.

Que Jesus Misericordioso tenha compaixão, tenha piedade. O sangue que flui do coração seja o sangue da purificação, e a água, da libertação dos homens que precisam de conversão.

Com alegria, com sabedoria, o Céu, hoje, está no meio de nós e saibam que Jesus é o caminho, a brisa mansa, a verdade e a vida, que aproxima de nossos corações.

Permaneçam em paz todos os filhos que estão aqui presentes. E os filhos que estão completando seus anos de vida, que Jesus lhes dê o maior tesouro da vida, que é a paz. Não existe uma riqueza maior no mundo do que a paz. E Jesus Misericordioso é a nossa Paz.

Que a Misericórdia esteja em nossos corações, e que sejamos aquela alma que diz: “Eu amo Jesus Misericordioso!”

Que Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo abençoe o mundo inteiro.

Eis aqui a Serva de Deus, a Mãe de Piedade, e eis que o Senhor me chama.

Última modificação em Terça, 29 Maio 2018 16:28
Mais nesta categoria: Mensagem de 29 de Abril de 2018 »

Canal de Comunicação Oficial das Aparições de Nossa Senhora de Piedade, no Santuário da Mãe de Piedade ( Vale da Imaculada Conceição) em Piedade dos Gerais - MG .  ©  2012 - 2017 Todos os direitos reservados.

Contato:
Romarias Equipe do Site Perguntas Frequentes Endereço do Vale Pedidos de Oração

Informações: (31) 3721-3966 (Fixo) / 9 8431-0338 (Claro) / 9 9908-3966 (Vivo) 
Mensagens de Nossa Senhora via WhatsApp :
31 9 9695-4716