Quinta, 02 Julho 2020 14:59

Mensagem de 28 de Junho 2020

Avalie este item
(7 votos)

Queridos filhos!

Com grande sabedoria neste domingo de graças e bênçãos, – dia do Senhor, de oração, de silêncio – cada um deve se entregar totalmente a Deus. Cada um deve entregar o Brasil, o mundo, as famílias, toda a Santa Igreja e o povo de Deus, que hoje vivenciam momentos de grandes e fortes batalhas. Principalmente as batalhas espirituais, que são o sofrimento maior.

Há falta de entrega, de aceitação, de humildade, de união, de confiança e, também, falta de obediência a Deus.

Nesta mensagem do dia do Senhor, peço primeiramente a Deus para colocar todos vocês nas Entranhas Coração de Jesus Misericordioso – que é Deus, que é fonte de vida, de salvação e de libertação.

E quero lhes fazer um pedido muito especial: a verdadeira entrega. Porque quando você entrega, vence com mais facilidade todas as batalhas, sejam elas materiais, espirituais ou temporais.

Como o mundo tem enfrentado estas batalhas? Sem entrega, sem confiança. O homem não está aproveitando esse momento para plantar o amor, a justiça, o perdão e a caridade. Especialmente dentro de seu lar, que é o verdadeiro santuário do mundo – que são as famílias.

Quem entrega, confia! E quem confia, alcança a graça de Deus. E alcança tanto para chegar ao objetivo que hoje o mundo quer – a cura desta enfermidade –, quanto para vencer a pior enfermidade que é o pecado – curar do pecado. O homem precisa arrepender-se e voltar-se para Deus; viver a vida a qual Deus nos chama: vida de santidade. Se o homem confiar e entregar, vai, também, passar por esta prova com mais amor. O amor torna as coisas mais fáceis!

Virá um grande desespero para o íntimo do coração do homem. Muitas pessoas já estão em desespero, procurando por uma resposta. E não têm a resposta porque não têm confiança, entrega e vida de oração.

Existe uma diferença entre você pegar o rosário e orar, e pegar o rosário, orar e confiar.

O homem precisa ter confiança, porque o sofrimento maior não é o que vocês estão vendo, não é esta peste. Existe um sofrimento muito maior do que este. E a humanidade precisa trilhar as pegadas de Jesus Cristo – seguir os passos de Jesus.

Vocês estão num ano muito especial, ano dedicado às famílias, à conversão das famílias. O mundo não quis o amor! Então o homem precisa voltar-se a Deus. E mesmo pela dor, muitos não terão a alegria de voltar-se a Deus.

A entrega é fundamental para vocês alcançarem a cura. A cura começa pela sua entrega e confiança. Porque se desconfia, não entrega! Deus é a Justiça Divina! A justiça Divina está sobre nós. O plano de Deus está sendo construído no coração de seus filhos, e é esse o chamado do Céu à conversão.

Vocês têm aqui uma preparação fortíssima, são anos e anos de oração. Oração para escutar e entender a Palavra, para ver e colher os frutos, para esperar o momento certo. Vocês receberam Jesus, o receberam com muita alegria, com muito amor. Mas, Jesus disse claramente que viria um tempo da justiça.

E é por isso que eu quero que vocês tenham mais confiança e entrega. Não pensem no que virá, mas preparem-se para o que está aqui e o que pode vir, filhos. Preparem-se de uma forma vigilante e saudável. Não fiquem doentes! O demônio quer ver vocês doentes. E a pior doença é o desespero e a tristeza, é a falta de confiança, de alegria e de esperança. Mas nós temos a esperança!

Hoje é o domingo do Senhor. O Senhor é a nossa esperança! Feliz daquele que espera no Senhor. Feliz daquele que confia no Senhor! Vivenciemos esse tempo com mais fé. O que Deus quer de nós? A fé, uma fé bonita! A fé que nos traz coragem, discernimento, que nos tranquiliza e nos ergue. Você pode estar caído, mas a fé lhe levanta.

Eu quero que vocês façam uma reflexão sobre a dor. Muitos vivenciaram e outros vivenciarão neste tempo. Mas, sempre há o consolo de Deus! Deus sempre nos consola e nos conforta. Então vocês não precisam se sentir sozinhos, perdidos, abandonados. Vocês têm que ter a fé que fortalece! A fé traz para vocês a graça de serem aquilo que Deus quer. Este não é um momento de barulho, mas de silêncio, e de no silêncio adorar Jesus de todo o seu coração.

Quando a batalha estiver difícil não desista, acredite piamente! Tenha uma fé viva! Todos os dias Deus realiza na vida de vocês um milagre. Só de você está aqui, hoje, é um milagre. Só de você estar aqui nessa passagem é um milagre. E se você entregar-se estará sempre vivenciando esse milagre. Porque tudo é do Pai! Tudo é do Pai, filhos.

Vivam o amor, partilhem esse amor, tenham a suavidade desse amor, é isso que eu peço a vocês. Não sejam homens que desafiam, mas que confiam! Não é o momento para confusão e discórdia. É isso que o demônio quer fazer no mundo. Deus quer a paz. Tudo o que vocês passarem – provas, tribulações, suportar a cruz pesada –, vençam com amor. Que você não se desespere! Porque virá um momento de desespero, como esse que hoje está presente em muitos lares.

Como mãe, trago para vocês a confiança. Foram nos momentos mais difíceis que eu, Maria, confiei. E a graça de Deus se realizou na minha alma plenamente. E através da confiança, a graça de Deus vai se realizar na vida de vocês plenamente. Vocês serão curados, libertos e exorcizados. Deus quer um mundo santo, filhos!

Quando você olhar para esta peste, pense no que o pecado tem feito com os filhos de Deus. Quantas pessoas não estão tendo a alegria da glória eterna. Quantas pessoas estão na escuridão. E o que Deus quer é a glória para os seus filhos. Quando Ele ganha um de vocês, Ele ganha muito. E quando Ele perde um de vocês, Ele perde muito.

É esta a reflexão que vocês devem fazer! E quem deseja um mundo novo, o Triunfo do meu Imaculado Coração, tem que ser forte na oração. É uma luta! Daqui para frente filhos, é uma luta constante. Vocês precisam vencer o demônio! Lembre-se das palavras, que ouviram aqui, neste pequeno santuário: “Por fim, vocês vencerão! E vencerão pela oração!”. A oração trará a vitória e a fonte de graça para vocês.

Essa mensagem de hoje lhes dá força. Não pensem que estão sozinhos! Tudo que Deus faz é para o bem de vocês. Não adianta vocês estarem no mundo, se não tiverem Deus no coração. É melhor estarem no silêncio de seus lares e com Deus no coração.

Não adianta vocês estarem no mundo sobre o barulho e as armadilhas do demônio. Prefiram estar dentro de seus lares neste domingo, com Deus em seus corações.

Essa prova que vocês estão vivenciando este ano, filhos, é para a cura de vocês. A peste não fez apenas o mundo parar, fez, também, o homem pensar em Deus. Porque ninguém pensava em Deus. Amanheciam o domingo pensando no prazer, no lazer, no descanso, mas esqueciam-se de pensar em Deus.

Hoje, ao amanhecer o domingo, o primeiro ato na vida de vocês é pensar em Deus. Porque estão sedentos de Deus, porque a alegria de vocês é Jesus Eucarístico – adorá-Lo, recebê-Lo, tê-Lo em seus corações. Essa prova forte que estão vivendo é para o bem de vocês, filhos.

O mundo estava sobre a estrada larga. Ninguém conhecia o caminho estreito. O mundo tinha tempo para tudo, menos para Deus.

No mundo, hoje, você não pode sair e respirar de uma forma saudável. Porque o homem vive um tempo de doença, de dor. Mas Jesus Cristo quer, com a sua misericórdia infinita, lhes curar e salvar. Ele lhes ama, e a misericórdia d’Ele é infinita!

Se dobrarem os joelhos, de verdade, e clamarem numa só voz, vocês alcançarão a cura e o milagre. Alcançarão o milagre e a cura por completos, não só da peste, mas dos corações que estão necessitados de Deus – da graça de Deus!

Vocês estão no silêncio e na simplicidade desta casa abençoada, que acolheu a Fraternidade. A Fraternidade que passará por batalhas nesses tempos finais. As batalhas serão árduas e pesadas. Porque a luta de vocês é pelo Triunfo do Coração da Mãe do Céu – Mãe dos homens –, o qual é a vitória de Deus na Terra.

Peçam a Deus que os cure! Que os cure do veneno que está sobre a sua mente, sobre o seu coração e desta perseguição. Agora, não é mais o momento de palavras, mas de respeito a Deus. É preciso respeitar a Deus que vive e reina dentro de nós. Ele vai purificar o mundo, filhos. Vai salvar o mundo, porque Ele é salvador e Ele nos ama.

Então, vocês serão curados, e receberão uma cura muito maior do que vocês podem imaginar. Permitam que essa cura aconteça; busquem essa cura! Respirem Jesus Cristo, porque Ele, sim, é a fonte da vitória. Feliz daquele que se lava nessa fonte! Feliz daquele que se encontra nesta fonte – que se restaura nesta fonte.

Enquanto o homem for rebelde, sem humildade e desafiante, não receberá a cura. Por isso, precisam ser humildes, silenciosos, prudentes e orantes. Compreendam que nada é por acaso, tudo o que precisam passar é para lapidação dos corações, fortalecimento da alma e terem fé! O coração é onde Deus habita.

Vocês precisam ter como alicerce a força, a coragem e a fé. Precisam estar prontos! Prontos para a batalha! Prontos para a batalha!

Vocês estão aqui em oração. A oração é a nossa arma de vitória! Então não tenham medo, tenham fé, confiança e aceitação. Quando a dor chegar não questione. Aceite e abrace. A cura vem a partir do momento que você compreende que tudo pode Aquele que nos criou. Que nós também podemos, a partir do momento que confiamos n’Ele. Porque Ele é todo poder e tem toda honra e toda glória!

Façam tudo o que Jesus Cristo lhes pede! Ele pede para todos os corações. É isso o que precisam fazer, filhos!

Não tenham esse momento como um momento de prisão, mas como um momento de libertação. O homem estava prisioneiro do mundo que lhe dominava pela aparência e pelos caprichos. E, hoje, está se curando, vendo que tem muito mais do que aparência e caprichos; vendo que tem muito mais do que aquilo que o inimigo oferece, como as armadilhas do pecado, as ilusões e as fragilidades. O homem é filho de Deus e Deus criou o mundo. Não importa onde você esteja se é no Brasil, ou em outra nação, Deus criou a todos.

É por isso que todos os joelhos no mundo precisam se dobrar e em uma só voz, clamarem a misericórdia. Clamem a Jesus: “Eu quero a minha cura!”. Cada um deve pedir e colocar-se aos pés de Jesus dizendo: “Eu quero a cura!”. É isso o que vocês precisam fazer. Enquanto vocês não dobrarem os joelhos e em uma só voz clamarem, o mundo não encontrará o grande milagre. Cristo é o grande milagre, filhos!

Hoje vocês sentem o quanto que esse milagre é importante para vida de vocês. Então, dobrem os joelhos e sejam humildes! Peçam a Deus a sua cura. Fechem seus olhos e se apresentem diante de Deus. A peste mais traiçoeira é aquela que tem dominado o homem nesses finais de tempos. E, muitas vezes, o homem por orgulho, ego e egoísmo não quer vencê-la.

Deus, hoje, nos pede a confiança plena e a entrega total! Porque o sofrimento pode vir muito maior do que a peste que vocês estão vivenciando neste momento.

Por isso, com grande carinho, eu quero abençoar todos os filhos.

Neste momento, Nossa Senhora abençoa todos, enquanto cantam: “Dai-nos a bênção...”

Queridos filhos!

Eu, lhes abençoei com grande amor! Essa bênção de hoje foi especial para toda a humanidade e por este santuário dedicado as famílias que precisa tanto das graças de Deus: da cura, da confiança, da entrega e da unidade.

Que cada um se coloque como Jesus Cristo se colocava no meio de nós. Cristo, quando se apresentava, amava imensamente cada um daqueles que estava com Ele. E amava, porque sabia o quanto o mundo necessitava da grande graça, que é a salvação.

Hoje, o mundo conhece o Salvador e precisa tanto da misericórdia do Salvador, que é Jesus. É por isso, que os joelhos precisam se dobrar e os corações dos homens precisam, em uma só voz, pedir a cura.

A oração deste ano começa clamando a Jesus: “Eu quero Jesus”. É você: é você jovem, é você pai, é você mãe, é você criança, que precisa querer. Todos precisam querer a cura. O Céu conhece tudo, filhos. De Deus nada se esconde. Deus conhece todos – conhece cada um.

Ele pede que vocês sejam homens de Deus! Porque muitos desafiam a graça de estar sobre a misericórdia de Deus e ser curado. Por isso, não temas! Cure o seu coração! Seja obediente! Tudo que o Céu pede é pelo bem da humanidade. Então, converta-se! Seja luz para o mundo, que hoje sofre a dor da escuridão e das trevas. Peça a Jesus que você seja essa luz com o seu testemunho de vida, com seu amor e com seu exemplo de fé.

Desejo a todos vocês, um domingo de graça. O Senhor é o caminho, a verdade e a vida! Feliz daquele que coloca os pés nesse caminho, pois alcançará tudo que pedir se pedir com fé e com confiança, filhos!

O que falta é pedir com fé e com confiança. Falta a verdadeira entrega e a confiança para saber passar por este momento no silêncio, na oração e na obediência.

As flores que vocês me ofertaram, eu quero oferecer a Jesus Misericordioso, pedindo a Ele para abençoá-las e exorcizá-las, para cura e libertação de todos os corações doentes. E, peço a Jesus também que fortaleça o mundo, neste momento em que as pessoas se encontram tão fracas, principalmente na fé. Que Ele seja a força do mundo. É isso, que eu peço a meu Filho.

Aos aniversariantes – tanto os filhos que estão agradecidos pela união matrimonial, quanto os que agradecem pelos anos de vida – que Deus dê a vocês muita serenidade, sabedoria e fé. Feliz da alma que confia plenamente em Deus!

Eis aqui a Serva do Senhor, a Mãe de Piedade, e eis que o Senhor me chama.

DMC Firewall is a Joomla Security extension!