Sábado, 27 Fevereiro 2021 15:06

Mensagem de Nossa Senhora de Piedade em 15 de fevereiro de 2021

Avalie este item
(8 votos)

Queridos filhos!

Que alegria encontrar vocês aqui reunidos, nesta paz tão benévola e grandiosa. Neste Vale que nos encanta a alma, o coração, pela beleza da espiritualidade que vem do Divino Espírito Santo. Que alegria, em especial, por tudo aquilo que verdadeiramente o Céu tem nos concedido, principalmente a graça de amar, de perdoar, de servir, de obedecer e de crescer espiritualmente. A graça de seguir as pegadas de Jesus para iniciarmos um tempo de penitência, tempo de oração, tempo de entrega.

Vamos refletir hoje sobre as pegadas de Jesus.

Quando se fala das pegadas de Jesus, o que você sente no seu coração?

Quando Jesus caminhava e deixava as suas pegadas no caminho – às vezes é tão fácil imaginar as pegadas de Jesus sobre a areia – muitas vezes, vinham as ondas do mar e apagam essas pegadas.

Se olharmos as pegadas de Jesus, poderíamos fazer belíssimas reflexões. Entre elas, a humildade de Jesus. Como Jesus é humilde! Como Jesus caminhou entre os homens com tamanha humildade mesmo sendo Deus! Ele aceitou toda a vontade do Pai. Enriqueceu-se da graça e do amor para ser o Cordeiro de Deus. Então, essas pegadas que Jesus deixou para nós da humildade são belíssimas. E, hoje, falta humildade no coração do homem!

Se olharmos e continuarmos a seguir as pegadas de Jesus, vamos chegar ao grande amor de Jesus. As pegadas que Jesus deixa para seguirmos são justamente as do amor: “Amai-vos uns aos outros como eu amo vocês.” É esta palavra que Jesus, hoje, dirige a nós: “Amai-vos uns aos outros como eu amo vocês.” E chegaremos à reflexão sobre o quanto o mundo não sabe amar. Não sabe amar sua missão. Não sabe amar, muitas vezes, a sua família. Não sabe amar a sua comunidade. Não sabe amar a fraternidade.

Muitas vezes, você está num lugar onde têm as pegadas de Jesus com humildade, onde Ele abriu as portas do coração de uma família, abriu as portas do coração para o mundo receber as bênçãos do Céu, porém, muitas vezes, você não segue as pegadas do amor. Falta o amor!

Você coloca o seu interesse, o seu capricho, a sua ganância, a sua soberba e não coloca o amor. Não vive esse amor.

Se seguirem o caminho, encontrarão mais outras pegadas de Jesus, as do perdão. Como o mundo precisa de perdão!

Para que o mundo alcance a cura, o mundo precisa perdoar. Você precisa perdoar! Você precisa pedir perdão! São muitos os pecados cometidos! É brutal a situação da humanidade! É de lágrimas a situação da humanidade! Porque ninguém perdoa mais! Ninguém sabe perdoar mais! E o mundo precisa do perdão, principalmente o perdão de Deus.

E se continuarmos no caminho, veremos que no decorrer dessas pegadas de Jesus, Ele deixa para nós a misericórdia, muita misericórdia!

Quando falamos da misericórdia, falamos da piedade de Deus, falamos da bondade de Deus, falamos da compaixão de Deus. Tem muita misericórdia, filhos! Nas pegadas de Jesus há muita misericórdia que Jesus deixa para nós. Misericórdia infinita! Misericórdia infinita do Sangue e da Água que lava o mundo da podridão dos pecados.

E se seguirmos as pegadas de Jesus e aprofundarmos nessas pegadas, veremos que Jesus nos ensina a ter mansidão na alma. E hoje o homem se encontra na violência, na maldade, na destruição, na ganância, na soberba, na mentira. Não tem mansidão. Mansidão é verdade. Mansidão é clareza. Mansidão é luz. Mansidão não significa apenas ser aquele homem quieto, mas ser aquele homem forte. Forte porque é manso, é sábio. Porque sabe corresponder à vontade de Deus. Brilha diante dos planos de Deus.  É capaz.  Segue adiante e não tem medo. Isso porque é manso e humilde de coração.

Como o mundo precisa da mansidão! O mundo hoje está no barulho da enfermidade, no barulho do medo, no barulho do terror, no barulho da insegurança, no barulho da incerteza. No barulho, porque não sabe se, neste novo ano, será um ano de paz, um ano de vitórias, um ano de colheita de coisas boas, de coisas lindas. Porque lá no fundo, o homem sabe que não é manso. Que hoje julga, persegue, critica. Ele não tem o silêncio.

Jesus também deixa sobre as suas pegadas o silêncio! O silêncio de Jesus. Como Jesus era silencioso, filhos! Sábio e silencioso. Sabia falar no momento preciso e silenciar no momento certo.

O silêncio de Jesus tomou conta da vida dos apóstolos, dos missionários, dos servos e servas de Deus. Porque o silêncio de Jesus encantava a alma. O silêncio de Jesus salvava as almas. E o mundo não vive o silêncio de Jesus. No mundo, tem muito barulho! Mas o mundo precisa viver esse silêncio de Jesus.

Por isso que faço a vocês um apelo: Convertam-se às pegadas de Jesus. Não deixem que isso se torne tarde. Não deixem que o cansaço sufoque vocês. Encontrem essas pegadas. Convertam-se enquanto a tempo. Peguem a misericórdia infinita de Jesus e abracem. Sejam luz, evitem as trevas. Sejam sábios e evitem o barulho. Sejam prudentes e evitem pecar. Porque é o ano da plenitude do Divino Espírito Santo. E São José vai valer vocês, vai socorrer vocês. Vai proteger vocês nos momentos de fortes tribulações. Porque o mundo está passando por tribulações.

O Brasil e o mundo pedem socorro. E eu estou aqui, presente de corpo e alma, para dizer a vocês que o Céu está socorrendo vocês.

É triste saber que muitos não estão vendo esse socorro vindo do Céu. Estão esperando a tempestade, mas é a brisa mansa que está vindo do Céu para vocês. Então, colham esses frutos da paz. No silêncio da sua alma, da sua vida, voltem-se as pegadas de Jesus.

Não deixem que a onda do pecado apague essas pegadas da sua vida.

Não deixem que o mal tire de vocês a sua felicidade, a sua santidade, a sua paz. Acreditem no sinal vindo do Céu, o sinal da vitória. Primeiro, virão os sinais de dor, mas depois virá o sinal da glória. Acreditem nesse sinal! Dobrem os joelhos e peçam a Deus esse sinal. Peçam a Deus misericórdia, piedade e compaixão de toda a humanidade, de vocês, da sua família, de seus filhos. Peçam a Deus essa misericórdia, filhos!

Não deixem que o demônio apague essas pegadas de Jesus que nos ensina a amar, a respeitar, a acreditar numa luz que brilha, mesmo quando a treva surgir. Essa luz virá e iluminará a todos em construção da felicidade plena.

Se apegue a oração. Uma das melhores armas para defender o mundo de uma pandemia, de uma peste, da guerra, da fome, da sede, da miséria, chama-se oração do Santo Rosário.

Se os joelhos dobrassem e o mundo orasse o Santo Rosário como precisa orar, vocês já teriam, não só o remédio para doença, mas a cura dos seus corações e das suas almas. Em pequenas contas se combatem o demônio. Como vocês estão fazendo aqui, neste momento, nesta hora, nesta noite.

Como vocês estão combatendo o mal? Como vocês estão vencendo esse mal? Esse mal que quer sufocar o mundo. Esse mal que quer tirar o ar que respiram tão puro. Esse mal que quer os amedrontar. Esse mal que quer levá-los à fraqueza, ao medo. Mas, vocês são muito mais fortes. Vocês têm força!

São José vai lhes ensinar a serem fortes. São José foi forte no momento difícil! São José foi forte no momento em que as portas se fechavam. Ele orou ao Espírito Santo, que estava nele, sobre ele, e sentiu a luz a iluminar o caminho.

É São José que vai conduzi-los nesse ano dedicado a São José. É o ano da graça! Não perturbem os seus pensamentos, que estão tão voltados a tantas e tantas fantasias do mundo. É São José! É aquele que vai proteger a família, como foi e sempre será o grande protetor da Sagrada Família.

É São José que vai valer vocês! É São José que vai olhar para os seus corações e acalmar esse coração! Por isso, devem olhar para si e dizer: “Acalme o meu coração. Acalme esse coração!” E o que São José fez? Ele pediu do alto: “Vem, vem, vem Espírito Santo iluminar!”

É isso que precisam, filhos. Pedir esse Espírito Santo: “Vem, vem Espírito Santo, vem iluminar!”

Há muitos que, neste ano, estão sofridos pelas perdas. Há muitos que estão em lágrimas, porque estão prisioneiros do medo. Aterrorizados, por algo que parece invisível, mas está tão presente na vida de muitas famílias. É por isso que devem pedir a São José para proteger as famílias, para proteger a sua família, proteger toda a santa Igreja, trazer fé.

O que o demônio quer, filhos, é destruir o que existe de mais importante na vida de vocês: A sua fé! Porque a fé move montes. E a fé vai mover o mundo. Vai trazer a cura para o mundo. Basta terem fé.

E neste momento, o mundo não tem fé. Por isso, tudo demora tanto! E o sofrimento se alastra tão rápido. E as coisas estão tão confusas! E o homem está tão perdido. Por isso, tenham fé!

Há de chegar dias em que verão o quanto a fé é importante para vida de vocês. E, hoje, estão vivendo esse dia.

A fé precisa curar o Brasil e o mundo inteiro. A fé precisa transformar! A fé precisa renovar!

Mas Jesus tem algo a nos ensinar. E as suas pegadas estão bem a frente. Sem humildade, sem amor, sem misericórdia, sem perdão, sem mansidão, sem silêncio, ninguém vai alcançar o salvador! Ninguém vai chegar ao ponto em que as pegadas de Jesus – aquelas pegadas do amor de Jesus – são vistas. Jesus virá ao encontro da humanidade e abraçará um por um dizendo: “Vocês venceram!” As pegadas de Jesus nos levará à vitória.

O mundo precisa de uma vitória, filhos! O mundo não pode continuar do jeito que estar. Ninguém será feliz com este mundo, que não tem respeito, que não tem amor, que não tem sabedoria, que não tem discernimento. É o mundo do pecado. É o mundo da libertinagem doentia. É o mundo da fraqueza. É o mundo do egoísmo. É o mundo do individualismo.

Deus está nos dando aquilo que São José deu ao Menino Jesus: proteção, carinho, afeto, amor.

E, hoje, precisam se apegar a esse tesouro, a essas pegadas de Jesus. Porque estão perto de alcançar um milagre, de encontrar um sinal de vitória! E Jesus está pedindo apenas que creiam. E que façam aquilo que Ele lhes pediu. Que vivam aquilo que Ele lhes pediu.

Que esse retiro de espiritualidade, fortaleça vocês nesta luta.

Por isso, com grande carinho, vou abençoar todos os filhos.

Neste momento, Nossa Senhora abençoa todos enquanto cantam: “Dai-nos a bênção...”

Queridos filhos!

Eu abençoei todos vocês com muito carinho. Pedi a Deus força para vocês, nesta batalha, nesta luta enorme. Que sejam fiéis as pegadas de Jesus e que não permitam que as ondas traiçoeiras do inimigo, suas armadilhas, apaguem essas pegadas santas da vida de vocês. Para que vocês possam acolher a felicidade plena, liberdade plena, o amor pleno, a vitória plena.

Este é o desejo do Coração de Maria. É o desejo da Mãe de Deus. É o desejo do Céu para cada um de vocês. Sejam fortes! Muitas batalhas virão! Mas Deus é maior.

Parabenizo hoje os aniversariantes. Que Deus dê aos aniversariantes uma luz magnífica do Espírito Santo em suas vidas. 

Permaneçam sempre sobre a proteção do Pai, do Filho e do Divino Espírito Santo, também sobre a bênção grandiosa de São José sobre a vida de vocês.

Eu pedi a Jesus para abençoar essas flores, para cura do corpo e da alma. Abençoar também a Santa Igreja, os sacerdotes. Que Deus ilumine todo o povo de Deus e as famílias.

Sigam as pegadas de Jesus e vocês encontrarão a resposta para este mundo. Principalmente, no momento que vocês necessitam dessa luz. Sigam as pegas de Jesus.

Eis aqui a Serva de Deus, Maria, a Imaculada Conceição, Mãe de Piedade e eis que o Senhor me chama.

DMC Firewall is a Joomla Security extension!