gototopgototop
Assine a nossa Newsletter e receba em seu email, mensagens e noticias do Vale Imaculada Conceição!

Mensagem de 04 de Dezembro de 2016

 

Queridos filhos!

Vocês filhos e filhas, crianças e jovens, estão aqui vivendo ricamente um momento de oração.

O mundo precisa orar! As famílias, as crianças, os jovens precisam orar porque há muito sofrimento sobre a Terra, muito dor sobre este mundo. Em cada canto, em cada nação, se vivem momentos de lágrimas. Tudo isso se deve ao desrespeito, à desobediência a Deus.

Se o ser humano buscasse o respeito e a obediência a Deus, viveria e seria mais feliz. É por isso que o Céu me concede a graça de ser a Mensageira de sua Santa Palavra. Isso é uma graça! Felizes são os mensageiros que levam a Palavra de Deus ao coração daqueles que precisam escutá-la. Então, a graça que Deus me concede de ser a Mensageira de sua Palavra é uma graça especial. Essa graça nos faz especiais, a mim, que sou a Mãe que traz a mensagem, e a vocês, que são os filhos que ouvem a mensagem. 

O Céu está aqui. O Céu está no meio de nós! Este é um ano em que o Céu nos trouxe fontes e mais fontes de Misericórdia: Jesus Misericordioso. É Ele quem está valendo, socorrendo e acolhendo o filho de Deus neste momento.

Não é fácil! Quando eu olhava para Jesus hoje – sempre quando o Céu me concede esta missão de estar na Terra para trazer a mensagem que é a Palavra de Deus eu me coloco na presença de Jesus – quando eu me colocava na presença de Jesus, eu suplicava a Jesus pelo mundo, pela humanidade. 

Há tanto sofrimento. Há os sofrimentos visíveis e há aqueles que ficam guardados. Há uma dor que se alivia pelas lágrimas, mas também há uma dor que fica sufocada no coração. Há muita dor sufocada no coração.

Como disse Jesus, nós temos duas formas de viver o amor. Pode ser pela alegria e pela dor. São duas formas bem diferentes. Quando vive o amor pela alegria é quando recebe o nascimento de um filho. É um momento no qual você fica tão feliz, tão alegre. É um amor alegre, sublime, tão cheio de felicidade. Existe alegria no amor, quando você se apresenta diante de Deus para uma missão, para uma vocação, seja para a formação de uma família, seja para se dedicar à vida sacerdotal ou missionária. É aquele amor alegre, amor bonito, amor feliz. É aquela festa. Um amor abençoado que traz alegria, que traz sorrisos. E, também, existe o amor da dor. É quando você, por exemplo, mãe ou filho, recebe a graça de entregar a Deus as criaturas que você ama. Isso é  uma graça. Não é qualquer um que tem essa graça de viver o mistério da morte, de passar pelo mistério da morte, de aceitá-lo – de viver esse momento, mesmo com dor, mas, ao mesmo tempo com amor. 

Como disse Jesus, existem duas formas sublimes do amor se fazer presente em nós, e a dor é uma deles. O mundo vive muito o amor de Jesus por nós. É o amor da Misericórdia, o amor da compaixão, que é Jesus segurando as famílias e as crianças em suas mãos. É o amor da acolhida. É o amor da fraternidade. É o amor de um mundo que parece não ter sentido, mas que, de repente, chega Jesus e diz: “Eu estou aqui! Se você nasceu, você nasceu para brilhar sobre este mundo. Não importa se a sua vida vai ser de uma infância, de uma juventude, de uma vida amadurecida, mas eu amo você”.

Neste momento, quando olhei para Jesus, eu vi o momento pelo qual o mundo está passando agora, que não é de alegria, mas, de dor. Vejo esse momento de dor.

Sei que estão próximos ao Natal, que é o momento da alegria, da família, da edificação da família. Mas, o mundo passa por muita dor, por uma dor intensa, porque o ser humano está muito desobediente a Deus. Então chegam os sofrimentos. É a ganância, é a preguiça, é a luxúria, é a soberba – que são coisas que trazem sofrimentos.

Mas, vejo que neste momento Deus está no meio de nós. Por isso, hoje eu olhei para Jesus e pedi a Ele, não só pelo Brasil – que é uma nação pela qual Jesus lhe faz o forte apelo de orar pela conversão dela, pois tem passado por um momento de dor – mas, também pedi a Ele pelo mundo, que vive um momento de dor. 

O mundo está cercado pela dor, uma dor que sufoca e que mata as pessoas por dentro, atingindo as pessoas em sua espiritualidade. Uma coisa é você ver o corpo, a matéria, passar pelo mistério da morte, outra, é ver uma perfeita matéria, cheia de vida, mas sem brilho na alma. Sem brilho! Jesus, então, nos fala tanto da dor que se manifesta nas lágrimas, quanto da dor que não derrama lágrimas, mas que está no coração. 

Essa dor que está no coração está sufocando, matando as pessoas. Essa dor faz parte da vida daquele que vive em pecado. Quem vive em pecado, vive se matando aos poucos.

Então, quando eu olhava para Jesus, hoje, como Mensageira, como aquela que olha para Ele e escuta a voz dEle, eu lhe pedi: “Tenha Misericórdia do mundo!”. A humanidade não está preparada para aquilo que está passando e para aquilo que vai ter de passar. Isso – pelo que a humanidade vai ter de passar – é muito mais sério, muito mais grave do que este sofrimento que vocês estão vivendo agora.

Por isso, eu pedi a Jesus, eu fiz esse pedido a Jesus, pelo mundo, pela humanidade, pelas famílias, pelo sangue dos inocentes que está sendo derramado, por todas essas almas que não sabem amar. É triste quando você não sabe amar, principalmente, quando você olha para a criação de Deus e vê que – de todas as coisas que Deus criou – a coisa mais importante que Deus criou foi você. Ele fez de você um filho, uma filha. Vocês são criaturas feitas à imagem e semelhança de Deus. Pensem, filhos! Deus depositou nas mãos de vocês a construção da paz. Depositou nas mãos de vocês a construção da paz. Jesus não nasceu por nascer. Não morreu na cruz por morrer na cruz. Não ressuscitou por ressuscitar. Jesus nasceu por amor a você. Morreu por amor a você. Ressuscitou por amor a você! E, hoje, Ele é a Misericórdia por amor a você. 

Jesus entregou para vocês a graça de fazerem de suas vidas, vidas plenas, plenas de paz. Mas, de repente, o que vemos sobre o mundo é uma turbulência. Pense em uma turbulência. Pense nos momentos difíceis que o Brasil e o mundo têm passado: perdas, desastres, as tristezas. Deus deu para vocês a graça de construir, de prosperar, de produzir os frutos da paz. De repente, vocês sozinhos não conseguiram, porque vocês se desviaram das pegadas de Cristo, do amor de Cristo, da humildade de Cristo, da santidade de Cristo!

O mundo hoje não vive a santidade. Nós estamos aqui resgatando o valor da santidade: são as crianças que oram, que aprendem a evitar esse mundo de pecados, que aprendem a evitar as armadilhas do pecado, principalmente a fraqueza da carne. O alvo da destruição de sua alma é a fraqueza de sua carne. Precisamos demais dessa unção do Espírito Santo. Precisamos colocar em nossas mãos a responsabilidade de fazer deste, um mundo melhor.

A situação em que vive a humanidade é de falta de luz, de brilho, de esperança. As pessoas estão vivendo a proximidade do Natal, mas estão tristes. Natal é um momento de alegria, é o momento da esperança, da esperança que renova, do nascimento de Jesus.

Jesus é a grande força, é a grande fé, é a grande luz, é o grande nascimento! Precisamos resgatar em nós o milagre da fé. Como fazer isso?

Ouvindo a Palavra de Deus. Não é difícil. Tem de ouvir! Tem de colocar em prática! Você tem de praticar aquilo que Deus quer de você. Pratique! Pratique dentro de sua casa. Seja um bom pai, seja uma boa mãe, seja um bom filho. Pratique em sua comunidade. Seja um bom leigo, seja um bom cristão. Seja um filho de fé. Pratique em sua comunidade: respeite, ame, perdoe! 

Tenha como fundamento a fé! A fé é a essência da alma! A fé é o brilho da alma! A fé é a vida que faz ver em nós a grandeza de nossa alma. Eis o mistério da fé! Por esse mistério nós vivenciamos o maior milagre que aconteceu hoje na vida de vocês: a Santa Eucaristia! 

O povo de Deus precisa estar pronto para a batalha. O mundo precisa estar pronto para a batalha. O mundo são todos os filhos de Deus, são todos irmãos. Aquilo que abala o Brasil, abala o mundo. Aquilo que abala outras nações, abala o Brasil. Porque o mundo é uma família. O Brasil é a sua casa, e o mundo é sua família. Não há diferença onde há um coração que bata forte. Nesse coração que bate forte está Jesus.

Vamos louvar a Santíssima Trindade. Vamos dizer ao Pai, obrigada! Vamos dizer a Jesus, obrigada! Vamos dizer ao Espírito Santo, obrigada!

Vamos ter em nós a sabedoria da santidade. É preciso querer ser santo, viver a santidade. O mundo precisa desse brilho. Vamos seguir adiante, povo de Deus! Nos momentos mais difíceis da batalha – palavras de Jesus: “Nos momentos mais difíceis da batalha, eu carregarei vocês em meus braços”. Neste momento, em que vocês vivem um momento de dor, Jesus carrega vocês nos braços. Então, não tenham medo, pois Jesus está carregando cada um de vocês. 

Tenha fé! Viva a fé! Viva a esperança! Essa esperança que dá vida, que renova, que dá força! Nós estamos aqui unidos porque acreditamos no Céu. Que coisa linda! Nós acreditamos no Céu. Por isso, todas as criaturas estão sendo renovadas. Hoje, vocês aqui estão sendo renovados pelo Espírito Santo. Eu peço a Jesus e Jesus me atende: "Todos vocês estão sendo renovados pelo Espírito Santo de Deus!".

Com alegria, com amor, eu quero, neste momento, dar-lhes a minha bênção.

Neste momento, Nossa Senhora abençoa a todos, enquanto cantam: “Dai-nos a bênção...”

Queridos filhos!

Eu abençoei carinhosamente a cada um de vocês, filhos de Deus que estão aqui sendo renovados.

Nessa mensagem de hoje, Jesus fala ao nosso coração. É tão lindo quando Ele fala diretamente ao nosso coração. Sinto Jesus. Eu sou o instrumento que traz a mensagem, mas o conteúdo é Jesus. É uma mensagem que fica para sempre. É o Cristo reinando para sempre em todos os corações.

Essa bênção de hoje foi para os aniversariantes, para os que estão aqui completando seus anos de vida e para vocês que vão completar seus anos de vida. Louvem a Jesus pela vida. Você é um presente de Deus. Diga isso para você hoje: “Eu sou um presente de Deus!”. Louve ao Senhor pela vida que você tem.

Eu abençoei as crianças, os jovens, o Brasil e o mundo inteiro. Pedi à Santíssima Trindade que abençoe a todas as famílias, a todos os corações e a todos os filhos sobre a face da Terra.

Que o Pai, o Filho e o Divino Espírito Santo nos fortaleçam na fé, na confiança e no amor, sempre no amor.

As flores foram abençoadas para a cura e a libertação de todos os doentes do corpo e da alma. Tenham fé! Acreditem! Vocês alcançarão milagres de Deus na vida de vocês, porque Deus é o milagre. Jesus é o milagre!

O Senhor me chama – ama a todos nós – e, eis aqui a Serva do Senhor!

Última modificação em Segunda, 12 Dezembro 2016 20:35

radio

Canal de Comunicação Oficial das Aparições de Nossa Senhora de Piedade, no Santuário da Mãe de Piedade ( Vale da Imaculada Conceição) em Piedade dos Gerais - MG .  ©  2012 - 2017 Todos os direitos reservados.

Contato:
Romarias Equipe do Site Perguntas Frequentes Endereço do Vale Pedidos de Oração Inscrever-se no Apostolado

Informações: (31) 3721-3966 (Fixo) / 9 8431-0338 (Claro) / 9 9908-3966 (Vivo) 
Mensagens de Nossa Senhora via WhatsApp : 31 9 8305-0376