gototopgototop

Mensagem de 25 de Setembro de 2013

 

               Queridos Filhos.

Primeiramente, vamos agradecer a Deus pela missão que nos foi confiada pelo Céu a cada um neste lugar.

Neste lindo ano da fé, da boa vontade e dos jovens, Jesus nos traz a felicidade de acender a chama grandiosa do amor e da esperança sobre este Vale, mostrando-nos que este lugar se tornará um local de luz para o mundo. Essencialmente nos momentos em que o mundo sofre, principalmente as famílias, com tempestades traiçoeiras do inimigo, tentando destruir o que existe de mais importante na vida dos filhos de Deus. É na família que o filho encontra a fé, a confiança, a humildade, a graça de ser sempre um caminhante.

Como Deus fez maravilhas durante a grande homenagem dos 26 anos da minha presença de corpo e alma aqui!

Como a obra de Deus se tornou maravilhosa com a presença dos romeiros!

Como é importante a fidelidade da comunidade fraterna, que está envolvida nesta caminhada, mostrando que são filhos protegidos pelo Manto de Jesus e pelo Meu manto, de Maria, construindo e lutando para construir a paz, o amor e a esperança.

Quantos jovens experimentaram aqui, na homenagem feita, o carinho, o fervor, a fé e a devoção! Muitos que pisaram aqui, neste Santuário de fé e de oração, passaram a ter maior abertura para o aprendizado e para o grande ensinamento de Jesus em suas vidas, nestes dias.

Jesus falou da luta pela vida dos inocentes, mostrando-nos que deve ser construída como uma corrente de oração, que infunde no coração do homem o desejo de proteger o menor. Aquelas crianças que, ainda no ventre de suas mães, pedem a Jesus para viver.

Nestes dias, Deus nos colocou em seus braços misericordiosos e nos fez sentir, verdadeiramente, a maravilha de seus ensinamentos.

Quantas bênçãos! Quantos milagres! Quantas graças foram colhidas no coração daqueles que vieram com fé, principalmente a graça de terem uma vida nova.

Aqui, sentiram como é ter o amor de família, porque é essa experiência que toca tanto! A vivência do perfume do amor da família é que pode, verdadeiramente, fazer a grande diferença para qualquer ser humano.

           Deus, mais uma vez, mostrou-nos o brilho de sua luz no meio de nós. Ele que é o farol que não se apaga em nossas vidas.

Por isso, eu quero louvar a Santíssima Trindade, agradecendo-a pelo carinho e pela fidelidade de todos os corações que estão aqui, assumindo, com mais responsabilidade, mais fervor, o zelo por esta família fraterna.

É tão bonito quando o filho esta fazendo a vontade de Deus!

Quando se faz a vontade de Deus, os frutos vêm em suas vidas, a obra cresce, as graças caem, e o filho consegue receber a graça com grande carinho.

Por outro lado, quando o filho age, contrariando os desígnios de Deus, fazendo tudo ao contrário do que Deus lhe pede, o seu coração  fica pesado, e os efeitos do seu erro também são sentidos na comunidade, que se arrasta diante do seu sofrimento. Isso acontece, principalmente, quando o filho fraterno é desobediente.

Por isso, Jesus pede para todos, neste ano da fé, que sejam o grande espelho da justiça, para que possam colher a medida do que plantaram como filhos de Deus. Se forem exemplos, irão colher flores. Se forem, contudo, maus exemplos, irão colher espinhos pela sua desobediência.

Jesus pede a todos: fidelidade. Pede o compromisso para lutarem pelo Triunfo do meu Imaculado Coração de Mãe. É preciso que cada filho se movimente de uma forma serena, correta e sábia, para produzir os frutos da misericórdia. Jesus depositou em suas mãos a graça de lutarem pelo Reino dos Céus, dando-lhes a chave para abrir a casa do Pai.

Cada um tem a chave e tem que zelar pela sua chave. Esta chave é a obra linda que o filho faz: o louvor, a caridade, a oração. Esta deve ser feita, principalmente, pelo Brasil, de mãos dadas, todos os filhos devem orar pela proteção da vida humana, pela proteção de cada alma, de cada coração dos filhos de Deus.

O Brasil pode receber uma graça muito grande, se for fiel a Deus, e o mundo sentirá essa graça. Isso é preciso, porque o mundo já sofre as consequências do pecado. Os sofrimentos, hoje, são amargos demais, dolorosos e tristes.

Orem pelas nações que matam em nome da fé. Vejam a que ponto a humanidade chegou, permitindo que filhos de Deus morram porque profetizam sua fé! Jesus disse: “os santos também passaram pelo sofrimento”. Muitos foram mártires, morreram por serem instrumentos na construção da fé na rocha linda, levando o nome do Senhor para todos os cantos da terra. Por causa de Jesus sofreram e, até mesmo, foram condenados a morrer, mostrando que são almas sábias. Esses filhos apresentam-se diante de Deus com uma pureza muito serena. Jesus disse: “Fiel é aquele que se entrega ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo sempre.”

Hoje, ainda vemos nações que têm fé, que acreditam na Igreja Católica, que assumem seu compromisso de amor à Eucaristia. Mas, mesmo assim, a Igreja é perseguida pelo inimigo, principalmente por causa da Eucaristia. Devemos ter a consciência de que a Eucaristia é o Cristo vivo. Quando o homem recebe Jesus Eucarístico – o Cordeiro de Deus – experimenta a vivência do Cordeiro de Deus em si, mas é muito perseguido por isso. Jesus disse: “Muitos serão perseguidos por causa do Pai, do Filho e do Espirito Santo, mas serão também consolados, confortados e fortalecidos na fé”.

Neste ano da fé é preciso suplicar a Deus pela fé e ter a consciência de que nada na vida acontece por acaso. Chegará o momento em que Deus unirá as nações, povos, gerações e trará os frutos da misericórdia. Estes frutos espalharão graças, bem-aventuranças, força sobre o mundo.

Aqui, esta família fraterna tem uma graça grande e, por isso, é tão perseguida. Quando pensarem no tamanho da graça que têm, irão orar juntos, de joelhos, suplicando a Deus misericórdia. Orar é necessário, porque serão sempre perseguidos! Se não tiverem zelo pela doçura de suas almas, a perseguição pode levá-los a sentir uma amargura tão grande que sofrerão consequências árduas, atingindo a carne, ou mesmo os pensamentos, a alma e o coração.

Vocês estão diante de um Céu tão grandioso e lindo, que vem até vocês para lhes preparar, dar-lhes condições de serem homens de Deus, apóstolos de Jesus, filhos em prontidão para vencerem a guerra dos tempos atuais. É necessário, principalmente para as famílias, que são alvos dessa guerra. O mal arma uma guerra para que os membros da família tenham ódio uns com os outros, vivam em discórdias e desuniões. Nunca se viu tanta miséria nos corações dos pais e das mães! Muitas vezes, não sabem ter atitudes que geram alegria e paz nos corações de seus filhos, que precisam tanto.

Hoje, vamos pedir a Deus a graça de estarmos entregues à sua bênção, a manifestação do poder de Deus sobre esta família fraterna, sobre os corações dos romeiros que aqui veem com tanta alegria, suplicando à Mãe de Piedade a intercessão junto a Jesus no céu pelas suas almas, pela fidelidade, pelos seus corações, pela cura, libertação e pela grande missão de amor, amor, amor a Jesus.

Então, cada um vai fazer seu pedido e agradecimento. Peçam para que vençam a grande perseguição do mal, que, hoje, é muito grande nas suas vidas – muito grande, filhos! Desejo que compreendam o que Jesus diz: “É uma luta para vencer”. Peço a Deus que não deixem o demônio lhes destruir, mas que, com oração, Eucaristia e silêncio, destruam o maligno.

Assim, com grande carinho, quero abençoar todos os filhos.

Neste momento, Nossa Senhora abençoa a todos, enquanto cantam: “Dai-nos a bênção...”

Queridos filhos!

Eu abençoe, carinhosamente, esta linda fraternidade. Vejo os corações dos filhos aqui presentes – filhos escolhidos para estarem, aqui, hoje, neste dia, nesta hora, principalmente, nestes tempos em que o Brasil necessita tanto que os filhos de Deus supliquem pela vida das crianças no ventre de suas mães, pela proteção da vida humana, desta vida abençoada e santa, que é a vida de cada filho de Deus, escolhido para nascer e ser instrumento de luz e humanidade, porque as crianças são instrumentos de luz.

Esta bênção de hoje vão pelos aniversariantes, meus filhos Marcelo, Patrícia, Nairdinho , Miguel, Marciney. Peço que Deus os abençoe e os proteja. Peço pelos filhos que, hoje, estão agradecendo pelos anos de união matrimonial, ao meu filho Vanderlei, que veio pedir uma bênção muito especial a Jesus pela sua saúde, tanto do corpo como da alma, e pela tranquilidade dos seus pensamentos. A minha filha Fernanda, peço a Jesus que sempre lhe traga a graça da cura interior e também da cura de seu coração, e que Jesus ponha a mão sobre seu coração sempre.

Hoje, vamos entregar a Jesus esta linda família fraterna, pedir pelos aniversariantes, por aqueles que estão felizes e louvando a Santíssima Trindade pelo lindo dom da sabedoria. Peço a Deus que os conduza a ter sabedoria, preparando-os para terem a santa sabedoria e para seguirem o caminho de Jesus. Desejo que os passos de sua linda Misericórdia de amor produzam os frutos da Paz.

Agora, cada um vai pedir a Deus pela paz, vai ofertar a Jesus os seus corações, neste momento em que me oferecem flores, e como prova de amor e retribuição, entrego-lhes o amor que tenho por todos vocês, filhos, e que trago no meu Imaculado Coração de mãe.

Fiquem em paz, com a linda benção do Pai, do Filho e do Espirito Santo.

O Senhor me chama e eis aqui a Serva do Senhor.

 

Última modificação em Sábado, 07 Dezembro 2013 19:08

radio

Canal de Comunicação Oficial das Aparições de Nossa Senhora de Piedade, no Santuário da Mãe de Piedade ( Vale da Imaculada Conceição) em Piedade dos Gerais - MG .  ©  2012 - 2017 Todos os direitos reservados.

Contato:
Romarias Equipe do Site Perguntas Frequentes Endereço do Vale Pedidos de Oração

Informações: (31) 3721-3966 (Fixo) / 9 8431-0338 (Claro) / 9 9908-3966 (Vivo) 
Mensagens de Nossa Senhora via WhatsApp :
31 9 9695-4716