gototopgototop
Assine a nossa Newsletter e receba em seu email, mensagens e noticias do Vale Imaculada Conceição!
A Comunidade Fraterna

A Comunidade Fraterna (4)

  Na Comunidade não existe comércio, vivemos da Providência Divina.

  Em uma das mensagens, disse Nossa Senhora: "A gente vive diante da Misericórdia de Deus. Deus dá tudo o que precisamos. Nós vivemos diante da Providência Divina. Isto é uma das maiores riquezas que existem aqui neste Vale". (Trecho da mensagem de 15 de maio de 1998)

Conheça um pouco mais sobre o  Santuário da Mãe de Piedade

vale 01 1

vale 02 2

vale 03 1

Fonte: http://valedaimaculada.blogspot.com.br/

 

A Comunidade Fraterna nos dias em que a Marilda não se encontra, não tem mensagens de Nossa Senhora, mas diante de tantas catequeses deixadas por Maria, o alimento espiritual não falta.

Os momentos de orações acontecem normalmente; desde o amanhecer até o anoitecer. O primeiro toque do sino às 6:00hs convida moradores e peregrinos para participarem das orações da manhã, que é seguida pelo desjejum comunitário. No mesmo horário e local onde aconteciam as aparições matinais de Nossa Senhora, ainda hoje, a comunidade se reúne para louvar e rezar o primeiro Terço do Rosário.

Os trabalhos individuais e comunitários também acontecem normalmente, logo depois desta oração tão pedida por Nossa Senhora. Um grupo se dirige para a cozinha para preparar o alimento, outros se dirigem para realizar atividades na “Casa Mãe”- lar das crianças, na “Casa Sagrada Família” – lar dos idosos, outros para limpar as Capelas, outros para realizar os trabalhos do site, etc.

Assim, graças a Deus, caminham todos a fazer a santa vontade de Deus nas pequenas coisas, sejam elas quais forem, todas tiveram orientações específicas da Mãe de Deus para serem realizadas.

Ao toque do sino todos se reúnem no refeitório para o almoço comunitário, seguindo para a Capela São Francisco para rezar ao meio dia o segundo terço do Santo Rosário. Nesta mesma capela é rezado às 15:00hs as orações do Terço da Misericórdia, Novena perpétua da Divina Misericórdia e Terço do Triunfo.

O jantar é servido no final da tarde, para que todos tenham tempo para se arrumarem, pois, acontece na cidade de Piedade dos Gerais a oração do terceiro terço do Santo Rosário e a Celebração Eucarística.

As orações da noite acontecem por volta das 20 hs – no mesmo horário das aparições noturnas de Nossa Senhora – com um breve momento de louvor; – como a Marilda estava viajando foi transmitido uma mensagem gravada – seguida pela oração do último terço do Rosário e outras breves orações.

Assim como a Comunidade não para, os peregrinos também não. São muitos os irmãos fiéis que caminham conosco e que recebem constantemente o chamado do Céu para estar no Vale. No sábado tivemos uma caravana de Lagoa da Prata e demais visitantes que alegraram o Vale de Imaculada.

A Marilda, mesmo diante do cansaço de uma longa viagem, assim que chegou foi ao encontro da família fraterna, que estava reunida na tradicional vigília de sábado. Por volta de 22:30hs Deus presenteou a todos com uma linda mensagem do Céu, trazida pela Mãe de Deus.

A Imaculada Conceição acolheu a todos os filhos em seu coração. Manifestando grande alegria por aquele momento de oração, Ela agradeceu muito a presença de cada filho que disse sim a Deus para estar no Vale.

Na mensagem, ela, fez um resumo do sofrimento do mundo e apontou com grande sabedoria as causas de tantos sofrimentos:

“Este conteúdo de sofrimento que estamos vendo é a falta de santidade e de paz nas famílias. O jovem que não tem alicerce, não tem santidade, não tem sabedoria e que hoje leva tantas consequências de sofrimentos para si e para o próximo. As crianças não têm santidade, não têm uma infância feliz, vivem cercadas por tantas coisas tristes. As nossas crianças precisam ser protegidas!”

Ela também nos falou da importância da família, sobre como devemos cultivar a paz e como devemos usar a sabedoria que Deus nos deu para fazer o bem.

“Jesus orienta a família cristã a buscar os ensinamentos na vida de oração. A família que ora é uma família vitoriosa, porque vence os ataques e armadilhas do demônio.”

“Precisamos usar esta sabedoria com inteligência e, usar esta sabedoria com inteligência é construir a ciência de Deus em nós. E construir a ciência de Deus em nós é dar passos em direção a uma vida fraterna, a uma vida de família que Deus verdadeiramente quer do mundo, quer principalmente de todos os corações que unem por um grande objetivo: santidade.”

No decorrer da mensagem ela nos fez questionamentos importantes para nossa espiritualidade:

“O que é ter sede de Deus? Qual o homem na terra que não precisa de paz? Quem não precisa de amor? Quem não precisa da família? Quem não quer buscar a santidade? Quem não quer ver seu filho fluindo de um mundo puro?

Jesus nos chamou a ser uma semente da paz e a ser um semeador da paz, por isso é tão importante você viver a experiência. O que é a experiência? Nós precisamos de Deus? Estamos aqui na graça de Deus?”

Após a mensagem, a vigília continuou ainda mais abençoada, até o amanhecer do Dia do Senhor; por volta das seis horas.

 

Domingo o Dia do Senhor – 02 de Dezembro 2012

O Domingo amanheceu lindo!

Pouco a pouco se via pelas ruas do Vale o movimento dos moradores e romeiros; felizes se encontravam no refeitório, na capela, na Gruta enquanto outros se aprontavam para participar da Santa Missa celebrada na Cidade.

Enquanto isso, chegavam mais romeiros para a alegria do Coração de Maria. Eles eram acolhidos pelos irmãos que deixaram para participar da Santa Missa a noite e assim, dar as boas vindas aos recém-chegados e para preparar o alimento que é partilhado.

Por volta das 12:30hs muitos se dirigiam para o Monte das Aparições, onde, se fosse da santa vontade de Deus, Maria se faria presente de corpo e alma. Para felicidade de todos, Ela se manifestou às 13:25 hs, na suavidade da brisa mansa transmitido paz, amor e fé.

Como se estivesse dando continuidade a mensagem anterior ela perguntou:

“Quem te criou? Deus. Quem te transforma? Deus. Muitos querem ser os donos da verdade, mas eu, como Mãe, digo que vocês precisam ser filhos Daquele que é a verdade e deixar Deus te conduzir. Ninguém aqui na terra é conhecedor de tudo, ninguém pode afirmar e nem negar. Só Deus tudo conhece, só Deus tudo sabe.”

E Nossa Senhora então nos ensinou algo difícil de viver nos dias de hoje:

“Jesus nos ensina que estamos aqui neste mundo para servir e aquela alma que não serve vive triste. Porque é o servir que trás alegria.”

Muitas vezes, queremos servir sim; mas a nós mesmos, as nossas vaidades, ao nosso orgulho e raramente servimos ao irmão, isso se convier a nós. Estamos preparados para esta missão?

“Muitas vezes a sua fragilidade é pensar apenas no lado pecador e esquecer o seu lado santo. Mas quando você se desperta, você diz: “Eu sou santo! Eu sou filho de Deus!”

Neste momento ela ergue nossos corações e nos ensina sobre a coragem:

“Você tem muita coragem! O que adianta ter uma arma se você não tem a coragem? Na caminhada com Deus temos que ter a coragem para dizer: “sim”. Depois Ele nos concede a grande arma da vitória: o Rosário. Quando você tem coragem, você ora o Santo Rosário, você não desanima, você não fica fraco, a oração te fortalece.”

Ao fazer um breve resumo sobre o ano de 2012 ela nos alerta:

“Foi um ano de grandes sofrimentos, de famílias com tristezas profundas, de homens gritando por misericórdia; pedindo a salvação daqueles que estão sendo arrastados pelo mundo do sofrimento, do pecado, das armadilhas do demônio, daquilo que fere e machuca o coração. Foi também um ano de bênçãos: muitas curas, muitas graças sendo acolhidas pelo coração dos filhos de Deus. Mas precisamos nos preparar, estar verdadeiramente preparados. O mundo está completamente nas mãos de Deus, mas ninguém sabe o que está reservado à humanidade. Só Deus.”

Nossa Senhora é uma mãe que vem no silêncio, é uma mãe que nos alerta com sabedoria e prudência; e não com ameaças e medo. E ela carinhosamente nos acolhe em seus braços e nos acaricia com suas doces palavras maternas:

“Quando eu falo: ‘Filhos! Vocês são iluminados!’ É porque a presença do Espírito Santo em nós é fortíssima. Deus não nos deu a Luz pela metade, Ele nos deu por completo. Jesus morreu por todos e o Espírito Santo, no Santo Batismo, desce sobre todos com todos os dons. Quando vocês vêm a este Vale, Eu os abraço filhos. Ergo as minhas mãos – no momento que abençoo – para abraçar vocês e trazer vocês para bem perto do Coração de Jesus. Porque quem está no Coração da Mãe está no Coração do Filho.”

Portanto queridos irmãos, vamos acolher em nossos corações esta mensagem tão rica para nosso crescimento espiritual e vamos viver os pedidos da Mãe de Deus e nossa. Este é o caminho mais seguro para chegarmos aos braços do Pai.

“É tempo, meus filhos! Já é tempo do homem não calar a voz, mas anunciar o grande milagre. Comece a valorizar ainda mais a sua família, a sua missão aqui na terra. Aprenda que a passagem aqui é rápida, mas que ela nos conduz à vida eterna quando se planta dignamente o bem e a paz.”

Diante de uma mensagem como esta é quase impossível fazer uma síntese. Em cada palavra encontramos um ensinamento único, sábio e verdadeiro. Leia, medite e aprofunde nesta riqueza que só Deus poderia nos proporcionar.

Fraternalmente,
Equipe do Site

A Comunidade Fraterna nos dias em que a Marilda não se encontra, não tem mensagens de Nossa Senhora, mas diante de tantas catequeses deixadas por Maria, o alimento espiritual não falta.

Os momentos de orações acontecem normalmente; desde o amanhecer até o anoitecer. O primeiro toque do sino às 6:00hs convida moradores e peregrinos para participarem das orações da manhã, que é seguida pelo desjejum comunitário. No mesmo horário e local onde aconteciam as aparições matinais de Nossa Senhora, ainda hoje, a comunidade se reúne para louvar e rezar o primeiro Terço do Rosário.

Os trabalhos individuais e comunitários também acontecem normalmente, logo depois desta oração tão pedida por Nossa Senhora. Um grupo se dirige para a cozinha para preparar o alimento, outros se dirigem para realizar atividades na “Casa Mãe”- lar das crianças, na “Casa Sagrada Família” – lar dos idosos, outros para limpar as Capelas, outros para realizar os trabalhos do site, etc.

Assim, graças a Deus, caminham todos a fazer a santa vontade de Deus nas pequenas coisas, sejam elas quais forem, todas tiveram orientações específicas da Mãe de Deus para serem realizadas.

Ao toque do sino todos se reúnem no refeitório para o almoço comunitário, seguindo para a Capela São Francisco para rezar ao meio dia o segundo terço do Santo Rosário. Nesta mesma capela é rezado às 15:00hs as orações do Terço da Misericórdia, Novena perpétua da Divina Misericórdia e Terço do Triunfo.

O jantar é servido no final da tarde, para que todos tenham tempo para se arrumarem, pois, acontece na cidade de Piedade dos Gerais a oração do terceiro terço do Santo Rosário e a Celebração Eucarística.

As orações da noite acontecem por volta das 20 hs – no mesmo horário das aparições noturnas de Nossa Senhora – com um breve momento de louvor; – como a Marilda estava viajando foi transmitido uma mensagem gravada – seguida pela oração do último terço do Rosário e outras breves orações.

Assim como a Comunidade não para, os peregrinos também não. São muitos os irmãos fiéis que caminham conosco e que recebem constantemente o chamado do Céu para estar no Vale. No sábado tivemos uma caravana de Lagoa da Prata e demais visitantes que alegraram o Vale de Imaculada.

A Marilda, mesmo diante do cansaço de uma longa viagem, assim que chegou foi ao encontro da família fraterna, que estava reunida na tradicional vigília de sábado. Por volta de 22:30hs Deus presenteou a todos com uma linda mensagem do Céu, trazida pela Mãe de Deus.

A Imaculada Conceição acolheu a todos os filhos em seu coração. Manifestando grande alegria por aquele momento de oração, Ela agradeceu muito a presença de cada filho que disse sim a Deus para estar no Vale.

Na mensagem, ela, fez um resumo do sofrimento do mundo e apontou com grande sabedoria as causas de tantos sofrimentos:

“Este conteúdo de sofrimento que estamos vendo é a falta de santidade e de paz nas famílias. O jovem que não tem alicerce, não tem santidade, não tem sabedoria e que hoje leva tantas consequências de sofrimentos para si e para o próximo. As crianças não têm santidade, não têm uma infância feliz, vivem cercadas por tantas coisas tristes. As nossas crianças precisam ser protegidas!”

Ela também nos falou da importância da família, sobre como devemos cultivar a paz e como devemos usar a sabedoria que Deus nos deu para fazer o bem.

“Jesus orienta a família cristã a buscar os ensinamentos na vida de oração. A família que ora é uma família vitoriosa, porque vence os ataques e armadilhas do demônio.”

“Precisamos usar esta sabedoria com inteligência e, usar esta sabedoria com inteligência é construir a ciência de Deus em nós. E construir a ciência de Deus em nós é dar passos em direção a uma vida fraterna, a uma vida de família que Deus verdadeiramente quer do mundo, quer principalmente de todos os corações que unem por um grande objetivo: santidade.”

No decorrer da mensagem ela nos fez questionamentos importantes para nossa espiritualidade:

“O que é ter sede de Deus? Qual o homem na terra que não precisa de paz? Quem não precisa de amor? Quem não precisa da família? Quem não quer buscar a santidade? Quem não quer ver seu filho fluindo de um mundo puro?

Jesus nos chamou a ser uma semente da paz e a ser um semeador da paz, por isso é tão importante você viver a experiência. O que é a experiência? Nós precisamos de Deus? Estamos aqui na graça de Deus?”

Após a mensagem, a vigília continuou ainda mais abençoada, até o amanhecer do Dia do Senhor; por volta das seis horas.

 

Domingo o Dia do Senhor – 02 de Dezembro 2012

O Domingo amanheceu lindo!

Pouco a pouco se via pelas ruas do Vale o movimento dos moradores e romeiros; felizes se encontravam no refeitório, na capela, na Gruta enquanto outros se aprontavam para participar da Santa Missa celebrada na Cidade.

Enquanto isso, chegavam mais romeiros para a alegria do Coração de Maria. Eles eram acolhidos pelos irmãos que deixaram para participar da Santa Missa a noite e assim, dar as boas vindas aos recém-chegados e para preparar o alimento que é partilhado.

Por volta das 12:30hs muitos se dirigiam para o Monte das Aparições, onde, se fosse da santa vontade de Deus, Maria se faria presente de corpo e alma. Para felicidade de todos, Ela se manifestou às 13:25 hs, na suavidade da brisa mansa transmitido paz, amor e fé.

Como se estivesse dando continuidade a mensagem anterior ela perguntou:

“Quem te criou? Deus. Quem te transforma? Deus. Muitos querem ser os donos da verdade, mas eu, como Mãe, digo que vocês precisam ser filhos Daquele que é a verdade e deixar Deus te conduzir. Ninguém aqui na terra é conhecedor de tudo, ninguém pode afirmar e nem negar. Só Deus tudo conhece, só Deus tudo sabe.”

E Nossa Senhora então nos ensinou algo difícil de viver nos dias de hoje:

“Jesus nos ensina que estamos aqui neste mundo para servir e aquela alma que não serve vive triste. Porque é o servir que trás alegria.”

Muitas vezes, queremos servir sim; mas a nós mesmos, as nossas vaidades, ao nosso orgulho e raramente servimos ao irmão, isso se convier a nós. Estamos preparados para esta missão?

“Muitas vezes a sua fragilidade é pensar apenas no lado pecador e esquecer o seu lado santo. Mas quando você se desperta, você diz: “Eu sou santo! Eu sou filho de Deus!”

Neste momento ela ergue nossos corações e nos ensina sobre a coragem:

“Você tem muita coragem! O que adianta ter uma arma se você não tem a coragem? Na caminhada com Deus temos que ter a coragem para dizer: “sim”. Depois Ele nos concede a grande arma da vitória: o Rosário. Quando você tem coragem, você ora o Santo Rosário, você não desanima, você não fica fraco, a oração te fortalece.”

Ao fazer um breve resumo sobre o ano de 2012 ela nos alerta:

“Foi um ano de grandes sofrimentos, de famílias com tristezas profundas, de homens gritando por misericórdia; pedindo a salvação daqueles que estão sendo arrastados pelo mundo do sofrimento, do pecado, das armadilhas do demônio, daquilo que fere e machuca o coração. Foi também um ano de bênçãos: muitas curas, muitas graças sendo acolhidas pelo coração dos filhos de Deus. Mas precisamos nos preparar, estar verdadeiramente preparados. O mundo está completamente nas mãos de Deus, mas ninguém sabe o que está reservado à humanidade. Só Deus.”

Nossa Senhora é uma mãe que vem no silêncio, é uma mãe que nos alerta com sabedoria e prudência; e não com ameaças e medo. E ela carinhosamente nos acolhe em seus braços e nos acaricia com suas doces palavras maternas:

“Quando eu falo: ‘Filhos! Vocês são iluminados!’ É porque a presença do Espírito Santo em nós é fortíssima. Deus não nos deu a Luz pela metade, Ele nos deu por completo. Jesus morreu por todos e o Espírito Santo, no Santo Batismo, desce sobre todos com todos os dons. Quando vocês vêm a este Vale, Eu os abraço filhos. Ergo as minhas mãos – no momento que abençoo – para abraçar vocês e trazer vocês para bem perto do Coração de Jesus. Porque quem está no Coração da Mãe está no Coração do Filho.”

Portanto queridos irmãos, vamos acolher em nossos corações esta mensagem tão rica para nosso crescimento espiritual e vamos viver os pedidos da Mãe de Deus e nossa. Este é o caminho mais seguro para chegarmos aos braços do Pai.

“É tempo, meus filhos! Já é tempo do homem não calar a voz, mas anunciar o grande milagre. Comece a valorizar ainda mais a sua família, a sua missão aqui na terra. Aprenda que a passagem aqui é rápida, mas que ela nos conduz à vida eterna quando se planta dignamente o bem e a paz.”

Diante de uma mensagem como esta é quase impossível fazer uma síntese. Em cada palavra encontramos um ensinamento único, sábio e verdadeiro. Leia, medite e aprofunde nesta riqueza que só Deus poderia nos proporcionar.

Fraternalmente,
Equipe do Site

   pãoA providência divina sempre age em nossas vidas mesmo quando não percebemos, julgando de nada precisar.

   No Vale da Paz, de uma forma muito especial, a providência age em todos os sentidos, principalmente na parte espiritual, nos garantindo o alimento sagrado, que é a Palavra de Deus.

  Aqui recebemos diariamente visitantes vindos de todos os lugares a convite de Deus. Como Nossa Senhora mesma disse, ninguém vem ao Vale da Paz sem ser convidado pelo Pai.

  No Vale, além do pão sagrado, os peregrinos recebem abrigo e comem do mesmo alimento dos membros da comunidade, que são fornecidos pela Providência Santíssima. Nada é cobrado, mas com amor é partilhado.

   A Virgem Maria ensinou que em nossas necessidades recorramos ao Pai Eterno com confiança, e tudo nos será dado. Ensinou também que a única coisa que podemos pedir a quem quer que chegue na comunidade é a oração e nada mais.

  Assim permitimos que verdadeiramente a Providência Santíssima atue em todos os sentidos em nossas   vidas, nos providenciando até mesmo aquilo que necessitamos, mas nem sempre sabemos pedir.

  Já há algum tempo nossa comunidade ganhou da Europa lindas placas de bronze da Via-Sacra, para serem colocadas no caminho que dá acesso ao monte das aparições de Nossa Senhora. E estas se encontravam guardadas esperando o momento em que a Providência Santíssima fornecesse os meios necessários para que pudéssemos colocá-las.

  Para maior glória de Deus e edificação de nossas almas, após uma rápida visita ao Vale da Paz, um peregrino se sentiu tocado em fazer algo pela comunidade e nos ofereceu ajuda para fazermos as 15 capelinhas da Via Sacra. E em junho deste ano o trabalho de construção das capelinhas foi iniciado pelos membros da comunidade.

  Agradecemos em primeiro lugar a Deus por mais esta obra no Vale. Agradecemos a todos os benfeitores da Europa que nos doaram a via sacra, e também a este peregrino, devoto de Maria, que abriu generosamente seu coração para iniciarmos a construção das capelinhas.

   Que a Divina Providência retribua imensamente a todos em graças e bênçãos!

   Desde o princípio da formação do Grupo da Fraternidade, Nossa Senhora revelou ser da vontade de Deus o acolhimento de crianças carentes na Comunidade. Isto não somente por serem carentes, mas por um desígnio de Deus para aquelas que teriam também no Vale uma missão. E assim, estas começaram a chegar, trazidas normalmente pelas mães ou parentes, que buscavam no Vale um abrigo para seus filhos.

    A Comunidade sempre procurou recebê-las, mas encontrou dificuldades, por serem crianças às vezes problemáticas e de comportamento difícil.

   Foi então que alguns voluntários se prontificaram: Magno Valtério, de Conselheiro Lafaiete-MG; Arlindo Dias, de Ouro Preto-MG; e *Joaquim Neto, de Araguari-MG.

   Pelo chamado de Deus a uma vocação, estes deixaram seus familiares, vindo a fazer parte da grande família fraterna do Vale.

Crianças Vale da Imaculada

   Em abril de 1994, a Comunidade se reuniu sob a orientação de Nossa Senhora, decidindo que a “Casa Mãe” - antiga casa do Sr. Antonio, onde Nossa Senhora formou o Grupo da Fraternidade - deveria ser usada exclusivamente para abrigar tais crianças, sendo também convidados os devidos voluntários.

   E assim, em maio de 1994 teve início o trabalho com as crianças. A casa não oferecia condições muito adequadas, mas houve oferta de amor e doação àquelas crianças; e com a ajuda de muitos, aos poucos foi se organizando e se estruturando melhor.

  No momento presente são acolhidas em torno de 25 crianças, sendo que alguns são encaminhados ao Vale pelos conselhos tutelares de algumas cidades. Nossa Senhora disse que fica feliz com cada criança que é acolhida.

   São mais de 100 crianças que já passaram por esta casa e foram novamente reintegradas a seus antigos lares ou a algum de seus familiares.

   Os voluntários dedicam tempo integral a este trabalho, cuidando, de acordo com o possível, da alimentação, saúde, higiene, educação, orientação, disciplina e lazer.

     Essas crianças, quando chegam, são às vezes rebeldes, conhecendo apenas o que o mundo lhes oferece. Mas aos poucos vão se adaptando e mudando assim o comportamento, com as bênçãos de Nossa Senhora, dando testemunho de uma infância pura e feliz.

   São felizes e sentem-se seguros e protegidos, diante da presença das pessoas amigas e carinhosas. Freqüentam normalmente a escola do Vale, participam dos  momentos  de louvor e de oração. Rezam o terço todos os dias e aprendem a amar a Deus.

    Vivem em união e harmonia, dando-nos assim o testemunho de que todas essas crianças abandonadas e desprezadas necessitam de uma maior atenção e doação por parte de todos. Às vezes, a indiferença de muitos é o que os deixa nessas tristes condições.

    Que com este exemplo todos possam orar e fazer algo para dar alegria ao coração de tantas crianças, que às vezes são carentes do nosso amor.

   Pedimos também a todos que rezem e peçam a Deus as bênçãos sobre esta obra autêntica, dirigida pelo Espírito Santo, através de Nossa Senhora, como de fato o é.

 *Joaquim Oliveira Neto permaneceu durante oito anos como responsável pela “Casa Mãe”. 

radio

Canal de Comunicação Oficial das Aparições de Nossa Senhora de Piedade, no Santuário da Mãe de Piedade ( Vale da Imaculada Conceição) em Piedade dos Gerais - MG .  ©  2012 - 2017 Todos os direitos reservados.

Contato:
Romarias Equipe do Site Perguntas Frequentes Endereço do Vale Pedidos de Oração Inscrever-se no Apostolado

Informações: (31) 3721-3966 (Fixo) / 9 8431-0338 (Claro) / 9 9908-3966 (Vivo) 
Mensagens de Nossa Senhora via WhatsApp : 31 9 8305-0376